Category Archives: Como Fazer

Como manter um miúdo ocupado…

uma tarde inteira e ainda ganhar com isso :).

blog1

Precisamos de carimbos e almofadas de carimbo coloridas. E cartão de caixas de cereais e sacos de papel.

blog2

E temos etiquetas para agradecer às clientes.

blog3

E sacos para os artigos mais pequenos.

Obrigado, pequeno ajudante!

Anúncios

Bandeirolas de Natal

Mais uma decoração simples de fazer para o Natal:

Pegando nesta ideia, é só coser as árvores de Natal na máquina, fazendo uma bandeirola.

bandeirolas 009

Neste caso não usei caixas de cereais, mas sim cartolina branca, que é mais fina que as caixas, e mais fácil de coser na máquina. Convém deixar bastante fio no início e no fim para pendurar. Como é muito leve, um bocadinho de fita-cola dá para prender em qualqer sítio.

Boa semana!

Mais etiquetas!

Sou um bocadinho viciada em reciclagem, e também em etiquetas. Nestas últimas decidi utilizar os restinhos de tecido que sobram das minhas costuras e que tenho sempre pena de deitar fora.

São necessárias também caixas de cartão, de cereais ou de outra coisa qualquer.
O primeiro passo é cortar as caixas de cartão na sizzix, para obter as etiquetas. Eu uso duas partes da caixa de cada vez, com a parte impressa face a face, de modo que as partes lisas fiquem para fora.

etiq tec1

Uso este cortador:

etiq tec2
O cartão à volta é para poder cortar exactamente no sítio que quero, como mostrei aqui.

Aqui estão as etiquetas cortadas. Eu ando sempre com a parte de cima e a de baixo juntas, pois as caixas são de cartão de cores diferentes e eu não quero trocá-las.

etiq tec3

Passam-se os restinhos de tecido a ferro, incluindo as ourelas.

etiq tec4

É só ver as melhores combinações,

etiq tec5

e depois coser o tecido a uma das partes da etiqueta. Eu costumo usar ponto zigue-zague, e aproveito para usar as linhas que estão quase a acabar, para ir vazando os carros de linhas e as canelas. Às vezes tenho muitos carros de linhas só com um bocadinho de linha, e que tenho medo que se acabe a meio de um projecto maior. Aqui não há esse problema.

etiq tec7

etiq tec6

Depois de coser o tecido é só aparar dos lados da etiqueta e cortar as pontas de fio que ficam.

etiq tec8

Aqui está a parte de trás da parte que tem o tecido cosido.

etiq tec9

Agora é só colar as duas partes da etiqueta, lado impresso com lado impresso, e a etiqueta está pronta. É só colocar um fio, e está pronta a colocar nas prendas.

etiq tec10

Espero que tenham gostado. E quando tiver tempo vou tirar umas fotos melhores para substituir estas, que não estão nada boas :(.
Boa semana!

 

 

 

 

Etiquetas 100% recicladas

Tenho uma sizzix há muitos anos, e a verdade é que não lhe tenho dado muito uso. Já esteve emprestada várias vezes, até à escola dos miúdos, mas está de volta a casa. Mas há dias encontrei este tutorial, que me abriu novas perspectivas para o seu uso, principalmente para a utilização dos milhares de papéis e papelinhos que guardo sempre “porque vão dar para fazer uma coisa gira mais tarde”.

Até agora tinha alguma dificuldade em cortar com a sizzix exactamente no sítio que queria, mas finalmente descobri a pólvora ;). Então é assim:

Cola-se um papel ou cartolina no cortador da sizzix, na zona que queremos utilizar.

 Depois passa-se na máquina para cortar 🙂

E pronto, temos o molde:

Agora é só colocar o papel que queremos cortar para que fique no sítio certo.

E cortar.

A parte de se cortar no sítio certo já está, agora falta a da reciclagem 😉

Basta pegar num resto de papel de embrulho das prendas do Natal ( ou outro qualquer, ou uma revista, ou…), e usando o cartão em negativo da foto acima, escolher a imagem que melhor se adapta à nossa etiqueta.

Corta-se grosseiramente do tamanho do molde.

De seguida cola-se o papel numa caixa de cartão usada (de cereais, por exemplo) no lado impresso. Eu às vezes distraio-me e colo no lado branco e lá se vai uma caixa.

Depois é só recortar e colar na sizzix.

E cá estão as etiquetas 100% recicladas.

A parte de trás fica em branco para se escrever a mensagem. E se guardarem as fitas dos embrulhos, podem também usá-las nas etiquetas.

Espero que tenham gostado 🙂

Dia das Amigas ;)

Antes de mais, um feliz 2010 para todos!

Aqui na Terceira (e no resto dos Açores, penso eu), por altura do Carnaval festejam-se quatro dias muito especiais. Começam na 4ª quinta feira antes do Carnaval, com o dia do Amigos, na quinta feira seguinte é o dia das Amigas, depois o dos compadres e o das comadres, sempre à quinta.

Eu costumo sempre fazer uma pequena lembrança para oferecer às amigas. Este ano a sugestão é bem docinha 😉

É necessário cartolina, fita decorativa, e um chupa-chupa.

Corta-se um rectângulo de aproximadamente 15x5cm (depende do tamanho do chupa).

Dobra-se o rectângulo ao meio e cortam-se dois pequenos triângulos parto da base que abre. Eu geralmente faço um molde primeiro em papel de rascunho.

Cola-se depois uma pequena etiqueta alusiva ao tema. Eu faço no computador, e quardo-as sempre. Depois se for fazer a mesma lembrança para outra ocasião é só mudar o texto, que a formatação já está feita.

De seguida é só colocar a chupa dentro da cartolina e atar com a fita.

E a lembrança está pronta. Simples e doce ;).

Outra sugestão:

Chocolate forrados com papel decorativo, uma etiqueta e uma pequena aplicação de papel ou madeira.

Feliz Dia das Amigas! 🙂

Enfeites de Natal reciclados

Já se passou o Verâo, e está na hora de começar a pensar no Natal 🙂

Como sou fã da reciclagem, hoje tenho um passo a passo de uns enfeites de Natal, que tanto podem servir para decoração, como para etiquetas para presentes. São feitos com caixas de cereais e guardanapos.

etic rec 1

Recorta-se a caixa pelas arestas.

etic rec 2

 

Usam-se as duas partes maiores, que se colam com o lado impresso contra lado impresso.

 etic rec 3

 Depois marcam-se as figuras. Eu usei umas muito simples que encontrei pela net, mas quem tem jeito pode fazer à mão livre.

etic rec 4

 Depois recortam-se as figuras com a tesoura.

etic rec 5

Recortam-se as figuras grosseiramente no guardanapo. Um truque que eu aprendi na net é separar primeiro a folha impressa das duas não impressas, e só depois recortar. As duas folhas não impressas podem assim ser usadas como um guardanapo normal.

etic rec 6

 Cola-se o guardanapo com a cola própria, e espera-se que seque.

etic rec 7

 Depois de seco recorta-se com cuidado o guardanapo à volta do cartão.

etic rec 8

 Escolhe-se um guardanapo diferente. e repete-se o processo para o outro lado do enfeite.

etic rec 9

 Se fôr para fazer uma etiqueta para presente, aplica-se só o guardanapo de um lado, e o outro fica em branco para que se possa escrever. Depois é só fazer um furo e colocar um fio para prender (eu não encontrei o meu furador, por isso é que os meus não estão furados :)).

etiq recicladas

Em vez do guardanapo, também pode ser feito com papel de embrulho usado (eu tenho o hábito de guardar todos os que acho bonitos).

Espero que gostem!

Convite pirata

pirata 1

Já há algum tempo que queria mostrar este convite aqui (já tem cerca de dois anos), mas não sabia onde estava. Este fim de semana nas minhas arrumações lá encontrei um. É um convite muito simples de fazer, e é um tema que todos os miúdos gostam.

Usei um guardanapo com pirata, cartolina branca, e papel para impressora (este papel já eu tinha em casa, e tem umas partes douradas, apropriadas para uma caça ao tesouro).

Corta-se a cartolina com cerca de 32x16cm (o convite fica com um tamanho final de 16x16cm). Dobra-se ao meio e aplica-se o guardanapo na parte da frente. Convém que isto seja feito com o convite fechado, para não ficar nenhuma pontinha colada na parte de trás, junto à dobra. Depois de seco apara-se o guardanapo, para que fique tudo direitinho.

Para o interior, imprimi o texto no Word. Convém formatar para imprimir duas vezes em cada folha. O mapa do tesouro foi retirado da net, e impresso também duas vezes em cada folha.

pirata 2

 Depois de impresso, recorta-se grosseiramente à volta do texto, e do mapa, e com um isqueiro, queima-se a borda do papel para dar um aspecto envelhecido. Isto convém ser feito perto de um sítio com água (no lava-loiças ou no lavatório, por exemplo), para que não hajam acidentes.

pirata 3

 Para animar a festa, fiz também uns lenços e palas de pirata. Para os lenços usei tecido de forro vermelho cortado em quadrados, e as palas foram feitas com feltro preto e fita preta. É só recortar a pala e coser a fita. Ainda pensei fazer umas espadas, mas achei que sem elas a festa seria mais sossegada 😉